Práticas de Lucidez

 

Próximo Encontro (ao vivo):

 

Os mapas da vida e os quatro pensamentos que transformam a mente



Eventualmente, não entendemos bem o que fazer com as nossas vidas. Recebemos um pacote e precisamos vivê-la. Para além das repetições das redes de dependência que pertencemos, sentimos o desejo de fazer algo de diferente. Esse desejo, sem ser nutrido e orientado, se diminui no nosso coração com as demandas do cotidiano. Aqui, vamos entender, à luz de um ensinamento clássico do budismo, os quatro pensamentos que transformam a mente, como podemos construir novos mapas para a nossa existência, deixando para trás a sensação de bola de neve das demandas e dos sentimentos conflituosos.

Encontro Gravados:

 

Emoções: reconhecer para liberar



O reconhecimento emocional é o caminho direto que utilizamos para compreender que mesmo antigos padrões possuem uma fonte de criatividade disponível. Como diz o Lama Padma Samten, entender a oscilação natural dos nossos personagens dentro da raiva e do medo, da carência e do entorpecimento, do deslumbramento e da comparação – assim como do apego – pode ajudar-nos a perceber nossa natureza potente e realmente transformar as nossas relações.

Neste curso, trabalhamos os seguintes pontos:

– A importância do reconhecimento das emoções perturbadoras
– A importância de conexão com as emoções
– A compreensão da rede de relações onde as emoções surgem
– O surgimento da visão aberta em relação às emoções

Meditação, família e padrões emocionais.



Neste curso vamos verificar a importância de perceber as estruturas de repetição de condicionamentos na família. Nosso objetivo é identificar os vários corpos, mentes, energias e formas de olhar que estão em conexão com as pessoas dos nossos mundos de origem. À medida que tais padrões vão se revelando, nosso coração vai esquentando e vemos com mais clareza a importância do nosso processo de auto-orientação e o consequente apontamento sobre onde realmente estamos, para onde vamos e como desejamos ir.

Trabalharemos os seguintes pontos:

– Reconhecimento dos padrões na familia
– Práticas de auto-orientação e de motivação
– Fazendo nascer a sabedoria da conexão

 Facilitador: João Vale



Jornalista e doutor em Sociologia, professor de yoga pela Dakshina Tantra Yoga (ABDTY-RJ) e aluno do Lama Padma Samten desde 2005.